março 07

Tags

O Grande Engodo

 

Dessa vez o papo é sério. Esse post não vai fazer ninguém rir pois inclusive me policiei para não fazer nenhuma gracinha. Mas é um dos mais se não o mais importante de todos. Desculpe ter que dizer mas vocês, mulheres do século XXI, estão fadadas a enfrentar coletivamente um desafio que nenhuma geração de mulheres teve que enfrentar até hoje. E o pior de tudo é ninguém nunca lhes avisou antes que isso estava acontecendo. Mas o fato é que os relógios biológicos do homem e da mulher saíram da sincronização para nunca mais voltar. Vamos olhar juntos lá atrás nos primórdios até os dias de hoje para que você entenda o porquê de tudo isso e o que você terá de enfrentar daqui por diante pois esse foi um bilhete só de ida….

 

O desenvolvimento desse hominídeo que somos nós, resultado do aprimoramento de dezenas de milhares de anos não foi programado para chegar muito além dos 40 anos. Fato! As condições ambientais e o escasso conhecimento Natureza não permitiam ao homem de seguir muito além dessa idade até cerca de 3.000 anos atrás. Por esse motivo é a fêmea da nossa espécie, foi programada para atingir a maturidade reprodutiva por volta dos 10/12 anos, porque a expectativa de vida era muito curta. Eis que, de repente, por volta dessa época mencionada, através do desenvolvimento das primeiras rudimentares tecnologias, esse nosso percurso de adaptação ao ambiente começou vertiginosamente a se transformar: começamos a lidar com a Natureza ao invés de sermos somente sujeitos a ela. O saber fez com que as populações se desenvolvessem, aumentassem em número e vivessem mais tempo.

 

Todo esse processo de avanço tecnológico e cultural , mesmo que muito acelerado, continuou mantendo os nossos ciclos biológicos numa situação “confortável” de sincronia até cerca de 20 anos atrás. A partir do momento em que o mundo começou de verdade a se tornar uma enorme aldeia baseada no livre mercado, ocorreu esse descolamento definitivo que esqueceram de lhes contar. Até uns 20 anos atrás a sociedade estimulava cultural e economicamente que os homens se casassem e constituíssem família até no máximo 30/32 anos. Até os anos 80, quando o cara chegava aos 30 solteiro, até o porteiro do prédio dizia para ele que “tava na hora de pendurar as chuteiras”, de “ter responsabilidade na vida”, o que significava invariavelmente, se casar. A pressão era gigantesca por razões sobretudo econômicas: após a Segunda Guerra Mundial criou-se a sociedade industrial de consumo. Para garantir o crescimento econômico era imperioso escoar a produção das linhas brancas, da construção civil e de todos os bens de consumo de forma sincronizada com os meios de produção. Era necessário fazer com que novos núcleos familiares se formassem dentro de um bem determinado período de tempo. Dessa forma, os homens eram estimulados a casarem cedo e manteve-se a ilusão da sobreposição do nosso ciclo biológico com o das mulheres.

 

Com o início do processo de globalização, nos primeiros anos dos anos 90, esse modelo começou a desmoronar. A livre circulação de mercadorias e de pessoas alterou profundamente as sociedades e o modelo de consumo, criando um processo mundial de especialização da produção, o surgimento de novos mercados e maiores valores agregados a partir do ganho de escala a nível planetário. A partir daí, a história de ”forçar a barra” para o homem casar cedo deixou de ser economicamente necessária, e a característica mais marcante sobre o nosso ciclo biológico ficou ainda mais evidente: o homem pode ser pai a primeira vez com 20/30/40/50/60 anos aleatoriamente e sem nenhum problema. Os homens adoraram é claro. Só esqueceram foi de contar para as mulheres que oparadigma dos ciclos “casados” seria quebrado… A sensação de liberdade do homem em programar a própria vida hoje é ABSOLUTA, quase onírica. Não é cobrado por ninguém a casar ou ter filhos, muito pelo contrário. Hoje em dia o porteiro do prédio é parceiro dele nas lorotas de dizer que ele não está em casa, que não tem ninguém lá encima pra despistar você e qualquer outra infeliz quando a “casa tá cheia”!!!! Nem a mãe dele fala nada sobre isso!!!! Diz mais é “vai curtir a vida meu filho, você faz muito bem”.

 

Como se não bastasse mais nada, as mulheres hoje tornaram-se parte indissolúvel da população ativa e, portanto, espera-se que elas tenham uma formação superior, arrumem um trabalho, tenham uma carreira e ganhem dinheiro de forma independente. Até aí ótimo não é? Seria se além disso você não tivesse que continuar linda, magra, gostosa, sempre bem vestida e bem produzida. Como se faz meu Deus do Céu a conseguir manter tudo isso sem pirar o cabeção?!?!?! Porque para exibir esse visual todo, você tem que malhar 5 vezes por semana no mínimo, ir ao salão pelo menos uma vez por semana, seguir uma dieta de faquir por toda a eternidade, além de cumprir com as tarefas “normais” de ajudar em casa, fazer suas coisas, arrumar sua roupa, etc… etc… etc…. E as feministas chamam isso de liberdade…. Porra, isso é uma prisão em regime de solitária!!!!! A cobrança da sociedade, da própria mãe, das amigas, das tias, é insuportável. Milhões de comparações e exigências e você tem que dar conta de tudo isso SUPER BEM!!!! É de matar qualquer uma…..

 

É isso que está acontecendo com você agora. Seu jumentinho, se já chegou aos trinta, pode se dar ao luxo de escolher ter filhos agora ou daqui há uns 5 ou 30 anos, enquanto você, se tiver chegado aos trinta, tem de 1 a 10 no máximo antes de entrar na faixa de alto risco. Portanto minha querida, me desculpe a franqueza, mas você não tem mais um segundo sequer pra dedicar a bancar a Maria Santíssima Remissora dos pecados e dos defeitos de homem nenhum. Enquanto o barulho do seu tic-tac-tic-tac-tic-tac só faz aumentar até ficar ensurdecedor, os caras tão tranquilos sem NINGUÉM para aborrecê-los sobre casamento e menos ainda sobre filhos. Eles podem resolver isso quando der na telha… E você, tem esse tempo? Então me diz por qual motivo você continua insistindo com esse imbecil que não quer porra nenhuma com a hora do Brasil?!?!?! O risco de você perder o trem da procriação esperando por esse rinoceronte amadurecer é GIGANTESCO!!!! É hora de acordar!!!! Daqui a pouco nem pra produção independente vai dar mais tempo se você continuar assim!!!!

 

Se você acha ou está esperando que esse seu animal tenha a honestidade de chegar na sua frente amanhã dizendo “esquece de mim e vai cuidar da sua vida caso contrário, você vai acabar ficando sozinha e sem filhos”, você tá ferrada!!!! É mais fácil você ganhar na Mega Sena duas semanas consecutivas do que isso acontecer!!!! Homem é um bicho preguiçoso por natureza e agora ninguém mais tá nem aí sobre quando (ou até mesmo se) ele vai ter filhos ou não!!!! Ele quer é ter quantas mais mulheres ele puder!!! Por isso escrevi antes o post do “Sultão”!!!!! Por isso também escrevi antes o “Padrão de Homem, Ruína da Mulher”!!!! Pra fazer você entender que enquanto você perde o seu tempo querendo transformar em príncipe o seu primata porque ele é lindo ou sarado ou rico ou pop ou sei lá que bosta de perfil de homem você tem na cabeça, o tempo passa meu bem, o SEU TEMPO PASSA…. tic-tac-tic-tac-tic-tac-tic-tac-tic-tac-tic-tac….. O cara nada, ele pode deixar pra pensar nisso quando estiver chegando nos 50…. E você???? VOCÊ NÃO TEM ESSA CHANCE!!!!! O cara tá em outra batida, descansado, sem pressa, cheio de mulher batendo cabeça desesperada atrás dele…. O sujeito hoje em dia sai pra pescar de tarrafa, esse negócio de anzol pra uma só nem existe mais pra vender…. Tá fácil demais pros caras. E vocês ainda facilitam ainda mais entendendo tudo, passando a mão na cabeça, achando que ele é um coitadinho, ô dó…. ELE NÃO VAI MUDAR MINHA FILHA!!!! Homem se você não coloca nos trilhos logo no começo, esquece não vai andar reto nunca mais.

 

“Ah mas é um puta sacanagem isso…” Concordo. Vai reclamar com o cara do andar de cima porque eu não tenho nada a ver com isso. Eu estou aqui para te dar uma sacudida, pra tentar fazer você abrir esses olhinhos e acabar com esse sonho boboca, antes que ele vire um pesadelo eterno. Nenhuma outra geração de mulheres nesse planeta teve jamais que lidar com esse tipo de problema, ou melhor, com essa realidade: NOSSOS CICLOS NÃO BATEM!!!! Nem sua mãe, nem sua avó e daí pra trás muito menos ainda. Suas filhas não, essas já vão nascer num mundo onde todas as mulheres já vão estar bem conscientes disso. Serão grandes “descartadoras de melancias”. E você? Tá esperando o que pra descartar a sua?????? Esquece esse modelo de sonho de princesa e seja prática!!!!! Vai atrás do cara que DEMONSTRAR COM AS ATITUDES QUERER SEU COMPANHEIRO DE VIDA!!!! Teu relojinho tá funcionando direitinho? Tá na hora de você colocar uma alarme nisso aí então viu?

 

                                     Copyright © 2015 by Eugenio Campello Costa

Proibida a venda e reprodução parcial ou total sem autorização

Para adquirir o livro: Livro Impresso na ALL PRINT

Para adquirir o ebook: Ebook na Amazon