abril 21

Tags

Por que os homens somem?

 

 

Entre todas as preocupações e receios que eu tive quando pensei em escrever esse livro, talvez a que tenha mais me afligido foi a de ser repetitivo. Até porque, como o assunto é a interpretação do lado emocional masculino, os temas em questão mal enchem uma página de tão rasos e limitados que são esses animais. Desde o início busquei construir os conceitos básicos sobre os homens, como os ciclos por exemplo, de modo que cada uma de vocês pudesse sozinha enquadrar cada um deles nos comportamentos estúpidos ou aparentemente inexplicáveis do seu próprio jumento. Tudo isso porque queria evitar a abordagem desses livros e revistas para mulheres que transformam tudo numa receita de bolo do tipo “faça isso” ou “faça aquilo”, independentemente das situações e das circunstâncias. Mas quando o Blog atingiu finalmente uma alta frequência de interação com as leitoras me dei conta, pela presença inexorável em quase todos os comentários da questão do famoso “sumiço”, que não poderia me furtar a enfrentar de forma direta esse tema.

 

Os homens somem porque (ou enquanto) são covardes, fracos e imaturos emocionalmente. Nenhuma grande revelação certo? Afinal isso já foi escrito em vários textos por aqui. Só que agora vamos olhar para isso com o enfoque específico no sumiço, e de forma detalhada na razão do sumiço dentro de cada ciclo da vida do homem.

 

O homem some basicamente quando se encontra diante da situação de ter que enfrentar a própria perspectiva de crescimento emocional. Ponto final. No fundo ele não foge de você, ele foge dele mesmo. Foge da perspectiva de ter que assumir com ele mesmo que foi mesquinho e te usou sabendo que você estava apaixonada e ele não. Foge da perspectiva de ter que assumir um compromisso emocional com você (muito mais do que o compromisso social/financeiro do namoro ou casamento em si). Foge por ter vergonha de ser desmascarado como galinha e/ou mentiroso. Foge por não ter coragem de lhe dizer que só quer transar com você e nada mais do que isso. Foge porque é imaturo, não está pronto como você para a investir emocionalmente numa relação. Foge porque é covarde e não tem ainda a honestidade intelectual de assumir isso consigo mesmo. Foge porque NÃO SABE LIDAR COM AS EMOÇÕES! Nem com as suas e nem sobretudo com as dele.

 

Tudo isso porque dói e o homem é um bicho fraco! Dói olhar no espelho e dizer pra você mesmo: “Porra, sou um tremendo filha da puta, fico posando de bonzinho, de cara legal, mas sei muito bem que estou iludindo e infernizando a vida dessa mulher por puro ego, mesmo sabendo que ela vai sofrer horrores sei lá por quanto tempo”. Dói parar e pensar consigo mesmo: “Sou um covarde medroso, tenho medo de crescer, de assumir responsabilidades que me toquem emocionalmente, de me sentir responsável por outro alguém”. Dói e o covarde, fraco, imaturo, foge da dor.

 

Você se pergunta: “Mas será que ele não vê o mal que está causando?” Não, ele não quer ver e prefere fingir que a vida é assim mesmo. “Isso lá é atitude de Homem?” Não, não é e ele não é Homem ainda pra ter esse tipo de atitude. “Será que ele não vai ter coragem de olhar na minha cara e dizer o que está acontecendo?” Não, não vai, ele é um covarde e está fugindo desse confronto porque não quer ouvir que é um irresponsável e vagabundo.

 

Por isso que os conceitos básicos sobre os homens, aquela história toda dos primeiros textos dos ciclos, são tão importantes. Porque basta olhar pro ciclo do seu animalzinho pra saber em qual desses motivos o sumiço dele se enquadra. Quer ver só?

 

HOMEM DO CICLO 1:

Minha filha é mais fácil um orangotango falar francês do que um moleque desse ciclo assumir qualquer tipo de envolvimento ou compromisso emocional. Você comete o erro de olhar para essa criatura e enxergar um homem feito pelo simples efeito cronológico. NÃO É UM HOMEM!!! É uma ameba emocional, uma criança!!!! A infância do homem só termina aos 30 anos!!! Mudam só as brincadeiras. Você passa a ser uma delas infelizmente mas sempre brincadeira é! Todo o foco da vida desse cara está concentrado no trabalho e na carreira e qualquer “coisa” que seja vista por ele como “obstáculo”, ele simplesmente elimina da vida dele. Como é uma criança ainda do ponto de vista emocional, ele se comporta de maneira infantil e foge. Ele é ótimo pra conversar com clientes, professores, colegas de empresa, qualquer coisa que não envolva a parte emocional dele. Agora, na menor dificuldade que ele tiver com qualquer tipo de cobrança ou envolvimento emocional, ele vai pular fora sem pestanejar para não ser “atrapalhado” e “desviado” do próprio caminho. O resto, é conversa fiada. Por isso, se você está investindo num sujeito do ciclo 1 das duas uma: ou você se mune de infinita paciência para aturar o seu neném SEM RECLAMAR (!!!!!!), ou você cai fora antes que ele golpeie repetida e impiedosamente o seu coração.

 

HOMEM DO CICLO 2:

 

No ciclo 2 o homem nasce emocionalmente. É uma fase grande de aprendizado e de muita instabilidade também. Lidar com algo tão importante que você nem nunca havia levado em conta com mais de 30 anos, acredite em mim, não é um negócio fácil de se lidar. Esse cara quando foge, já tem bem mais consciência do que está fazendo. Não é mais um inconsequente como os caras do ciclo 1. Mas o resultado do sumiço é o mesmo, e dessa vez ele sabe exatamente o tamanho da cagada que está fazendo. Desse cara pode-se SIM esperar um comportamento descente e responsável e portanto, se esse cara some filha, você pode até tentar entender e ajudar mas não vá além da segunda chance. Até porque assim ele não vai crescer nunca na vida.

 

HOMEM DO CICLO 3:

 

Esse se sumir você deve imediatamente destruir qualquer rastro dele na sua vida. Isso ou é um Peter Pan incurável, ou é um daqueles Mister X, cara enigmático e indecifrável, que esconde na realidade a sua absoluta incapacidade de assumir qualquer compromisso. Maior perda de tempo no mundo não há. Se um cara desse continua fugindo com 40/50 anos na cara, é porque é caso perdido mesmo.

 

É por isso que é INÚTIL você imaginar que uma “simples” DR vá esclarecer as coisas. Você fala uma língua que ele não fala e não quer falar. Esperar que um sujeito que some venha dizer para você que se envergonha do que fez, pedir desculpas com sinceridade, abrir o coração, assumir toda a culpa do que fez e terminar tudo como gente adulta, é como esperar que capim cresça num casca de ovo…. Isso só poderá acontecer no dia em que ele realmente virar um HOMEM, coisa que ele ainda não é se vive fugindo.

 

E, em geral, o homem só amadurece de verdade na hora em que se apaixona VERDADEIRAMENTE por uma mulher. Porque aí ele não consegue mais fugir e nem enganar mais a si mesmo. Enquanto isso não acontece, você já sabe então a resposta do porquê “sem mais nem menos” seu jumento desapareceu…

 

Texto extraído do livro Desvendando os Homens: do Blog ao Livro

 

Copyright © 2012-2015 by Eugenio Campello Costa

Proibida a venda e reprodução parcial ou total sem autorização

Para adquirir o livro: Livro Impresso na ALL PRINT

Para adquirir o ebook: Ebook na Amazon