março 01

Tags

O flagelo do Carnaval

 

Vai começar a folia, todo mundo nas ruas à espera dos bloquinhos, fantasia comprada, é samba, é frevo, aquela alegria toda pra todo lado menos pra você, mulher em início de relacionamento, que apaixonada acaba de levar aquele clássico balão de Carnaval do seu novo jumentinho. Minha filha, não se desespere. Afinal, não há mulher viva nesse país maior de 15 anos que não tenha passado no mínimo uma vez na vida por essa experiência. Serão 4 dias de martírio nos quais você não vai conseguir pensar em mais nada imaginando quantas bocas ele vai estar beijando, em quantas periguetes vão se jogar em cima dele enquanto você estará longe, impotente e à mercê das circunstâncias. Angustiada no auge do delírio de abandono você já deve estar se perguntando: “E agora? O que é que eu faço?”

 

Meu amor, só há uma coisa a fazer…. Vento que sopra pra cá, sopra pra lá também!!!! Já que ele escolheu te colocar “on hold” até a Quarta-feira de Cinzas, faça você a mesma coisa!!!!! Você fica se perguntando: “Ai meu Deus, e se ele acabar ficando com outra e gostando????”  Já parou pra pensar formosura, que você pode dar essa “sorte” também? Não é só você quem está “arriscando” não, o seu animalzinho que não está cuidando de você corre o mesmo risco!!!

 

Se você está de lero com um homem do ciclo 1 que saiu para aquela clássica viagem com mais 10 amigos jurando que te ama e dizendo que não vê a hora de voltar, faça-me um favor: METE O PÉ!!!!! Ou você acha que aquela coisinha linda que mamãe criou vai voltar pra casa intacta como uma hóstia sagrada???? Pelo amor…. Kirida, é mais fácil um elefante passar num buraco de uma agulha do que esse sujeito voltar “zerado” do Carnaval….. Não vá você se privar de tudo o que há de bom dando sopa nesses dias por causa de um papinho brabo desses….

 

Se você está começando um caso com um cara do ciclo 2 ou do ciclo 3 e ouviu uma historinha dessas, aí meu bem, é dose pra leão…. Ouvir isso quando você ainda é adolescente ou pré-balzaquiana tudo bem, é normal, qual pessoa do gênero feminino não passou por isso na vida. Mas ouvir isso já mulher adulta de um Peter Pan de meia tigela ou, pior ainda, de um Gatão de Meia Idade é muita derrota. Esse você já tem que sair direto cancelando celular, facebook, whatsapp, pra esquecer da existência!!!!

 

Seja lá como for e o que acontecer durante esses quatro dias (ou 10 nos casos mais graves) você pode ter certeza de uma coisa: se ele reaparecer, vai chegar como se NADA tivesse acontecido. Se ele voltar é porque era só isso mesmo, a válvula de retenção da testosterona liberou o excesso e ele chegou novinho em folha pronto para continuar a vida de vocês da onde vocês pararam. Bem, isso é o que se passa na cabeça dele…. O que se passa na sua é uma outra conversa…. Porque meu bem, aturou uma vez, vai ter que aturar outras…. Sabe-se lá mais quantas….

 

A propósito de “balõezinhos” de Carnaval eu tenho uma história muito interessante pra contar. Meu irmão mais novo tinha uns 20 ou 21 anos, estava no meio da faculdade, e estava namorando sério com uma menina linda, super inteligente, simpaticíssima, colega dele de curso. Já deviam estar juntos há uns 10 meses quando foi chegando o Carnaval e o bobalhão foi convencido pelos amigos a irem passar o Carnaval juntos sem namoradas em Ouro Preto. Ela coitada chorou, pediu pra ele não ir, esperneou, foi aquele drama. Mas ele, machão e certo de que ela estava apaixonada, disse que ela era maluca, que não precisava fazer aquele escarcéu todo, eram só 6 dias contando a viagem e blá, blá blá…. Voltou com a alma lavada, se você me perdoa a “metáfora”, depois de 10 dias e foi procurar por ela. Recebeu um cartão vermelho tão bem dado que levou ANOS pra se recuperar. Ele adorava aquela menina mas aprendeu de uma vez por todas a mais importante lição que um homem pode receber: QUEM AMA, CUIDA!!!!!

 

Portanto minha gente, nada de choro, nada de melancolia, vamos pra folia quem gosta, vá arejar a cabeça com outras coisas quem não gosta, mas lembrem-se que ficar sofrendo no Carnaval é uma tremenda furada!!!!

 

Bom Carnaval para todas!!!!!

 

Copyright © 2012-2015 by Eugenio Campello Costa

Proibida a venda e reprodução parcial ou total sem autorização

Para adquirir o livro: Livro Impresso na ALL PRINT

Para adquirir o ebook: Ebook na Amazon