março 25

Tags

LILI: Um lindo recomeço

 

LILI – 24/03/2014 – Um lindo recomeço

 

Olá blogueiro, tudo bem?

Não sei se vai lembrar, em 2012 relatei aqui a minha história com um piloto que mantive um pseudo relacionamento eu no RJ e ele em SP.

Depois de 6 anos sofridos por expectativas não atendidas, respostas vazias e situações que eu virava noites tentando entender deste pseudo relacionamento. Decidi sair fora, pela primeira vez decidi sair daquela história. Exclui telefones, redes sociais, e-mail. Não foi fácil, mas enquanto o celular tocava insistentemente, e os e-mails chegavam e as mensagens chegavam eu optei por ignorar todo e qualquer tipo de contato DOEU mas passou. Optei por descobrir novos passeios em minha cidade, encontrar amigos e papear, ler, assistir filmes …. Até que um dia percebi que não havia pensado nele nos últimos dias, que as noticias não tinham importância e que também não tenho rancor por não ter dado certo. PASSOU. Fiquei com a imagem de alguém que me fez focar em minha vida profissional, buscar conhecimento, estudar, alguém que de certa forma cooperou para meu progresso e que me cobrava isso sempre. Ele crescia e me cobrava isso também, esta referência ficou.

Hoje estou leve, feliz, pouco tempo depois encontrei alguém, o alguém que tanto busquei nele e hoje reflito e penso o quanto eu idealizei, nós mulheres idealizamos e atribuímos a qualquer pessoa que encontramos a função de ser o cara que queremos dividir a vida. Não temos paciência não acreditamos que de fato não precisamos nos esforçar, nos privar, nos desvalorizar tanto e nos submeter a inúmeras situações para ter alguém. GRANDE ERRO, como dizem nossas avós e os sábios “no momento certo a pessoa aparece” e apareceu sem eu precisar fazer malabarismos, sem pedidos, veio inteiro e leve e tudo soa tão fácil. Sem esforço, 1 ano após casei, estamos progredindo juntos, sem amarras, sem sofrimentos, sem desabafos com amigas de problemas, pois chegou o AMOR e um GRANDE AMIGO.

Quanto ao outro (o piloto), ele ainda aparece, decidiu mudar para o RJ (como pedi isso a ele e segundo ele era impossível pela profissão), até que há alguns dias atrás ele veio pedir ajuda para encontrar apartamento, se localizar na cidade, falou até de casamento o que achei uma tremenda falta de respeito. Ignoro e não mantenho vínculos, sou educada.

Abraços e parabéns pelo sucesso do blog, continuo acompanhando