janeiro 05

O chicote e o torrão de açúcar

Vamos combinar minha gente? Homem é um bicho que dá um trabalho danado em qualquer fase da vida. Que você seja jovem ou madura, solteira ou casada, loira ou morena, alta ou magra, não há nem atenuante nem condição especial: domesticar essas bestas é dose pra leão. Mulher veio ao mundo para passar por muita provação, vou te contar…

 

Os caminhos do Senhor são infinitos e tudo é possível nessa vida, inclusive que funcionem os métodos mais improváveis de dobrar essa raça, mas se você está em busca de eficiência meu amor, não se iluda: com esses quadrúpedes, não há método mais certeiro do que o do chicote e o torrão de açúcar… Tratar com o gênero masculino, independentemente da idade do sujeito, é sempre como tratar com criança. Que ele tenha 4 ou 44 anos, o cara vai passar o tempo todo buscando estabelecer qual é o seu limite. Fato! Se você não souber dizer “basta”, ele não para nunca de aprontar… Sabedora disso, a mulher de sucesso no amor, ao invés de ficar só focando nas suas próprias emoções, sonhando com o amor romântico, trata logo de colocar a razão pra funcionar e põe sempre na bolsa seu chicotinho e seus torrões pra lidar com o seu animalzinho. Porque assim como tem há hora de dar a pancada, tem a hora de premiar o asno quando ele faz tudo direitinho…

 

Para isso, desde o começo, lá na fase do namoro ainda, é importante que você deixe sempre bem claro o que é que ele não pode fazer, ou seja, aquelas coisas que você não vai aturar de jeito nenhum. Como você faz isso? É simples: sem jamais fazer DR ou tentar esclarecer as coisas com ele com palavras! Explicar esse tipo de coisa para homem pressupõe que você imagine que ele não sabe o que não deve fazer. E é claro que ele sabe, kirida!!!!  Homem é burro mas não é trouxa!!!! Ele sabe que não pode sumir, que não pode te dar perdido no fim de semana, que os familiares dele não podem morrer todo trimestre, que ele não pode viajar sempre pra lugares sem cobertura das operadores de telefonia, que ele não pode pegar suas amigas nem a mulher que ele quiser por aí, essas coisinhas básicas que eles sabem que não podem fazer e mesmo assim fazem a toda hora…

 

 

————————————————————————————————————————

Texto extraído do livro DESVENDANDO OS HOMENS 2: O FIM DA SAGA

Copyright © 206-2017  by Eugenio Campello Costa

Proibida a venda e reprodução parcial ou total sem autorização

 

 

VISITE A PÁGINA DO DESVENDANDO NO FACEBOOK: Desvendando no FB