maio 15

Tags

Mulheres Marcantes

 

Essa história aconteceu há muitos anos atrás quando eu e meu grande amigo que a relatou éramos ainda pré-adolescentes. Ficou na memória porque foi mais uma daquelas coisas que você ouve, registra, mas só vai entender mesmo décadas depois com a maturidade. Os pais do meu amigo estavam se separando e atmosfera na casa dele andava tão espessa que dava para cortar com uma faca…. Num domingão particularmente pesado, o pai dele o colocou no carro e saiu vagando pela cidade conversando fiado pra aliviar a tensão. Num determinado momento, passando por um bairro famoso onde ele havia morado quando tinha seus vinte anos, de repente suspirou e disse: “É, aqui morava Fulana… Essa me amava de verdade! ”.  Meu amigo disfarçou mas ficou enfurecido, afinal “Fulana” não era a mãe dele, mas eu, ao ouvi-lo contar a história, fiquei com aquilo na cabeça: “Ué, por que não casou com Fulana então? ”.  Mal sabia eu que estava involuntária e inconscientemente sendo apresentado ao mito das “Mulheres Marcantes”.

 

Para você, leitora que segue esse Blog há muito tempo e que ficou esperando ansiosamente por esse texto, vou logo avisando uma coisa: prepare-se porque provavelmente a distância entre a sua expectativa e o conteúdo aqui será enorme…  Porque o que determina o fato dessas tais mulheres serem “marcantes” na vida dos homens, tem mais a ver com a incapacidade emocional deles do que com aquilo que vocês fazem ou deixam de fazer, pelo menos na maior parte dos casos…

 

A verdade é que maioria dos homens só percebe que a mulher foi “marcante” muito tempo depois que tudo se acabou. Como eu na historinha contada acima, o sujeito só vai entender o que estava se passando de verdade quando amadurece. Esse é um dos motivos pelos quais quase todas as mulheres marcantes passam pela vida dos homens quando eles ainda estão no ciclo 1 (Ciclo 1: do nascimento até os 30 anos), sem saber ainda o que vieram fazer nessa galáxia… Outras, e essas marcam profundamente, são aquelas que aparecem no ciclo 2 (Ciclo 2: dos 30 anos 40 anos) enquanto eles ainda estão naquela confusão tentando se livrar do peso morto que carregaram até os 30 e tentando ouvir (ou aceitar) o que o coração deles está tentando lhes dizer há anos… No ciclo 3 (Ciclo 3: dos 40 até o fim!), se uma mulher marcante passa pela vida do sujeito sem ele perceber ou entender, é porque se trata realmente de um idiota completo, um daqueles caras “hopeless” mesmo.

 

 

 

 

————————————————————————————————————————

Texto extraído do livro DESVENDANDO OS HOMENS 2: O FIM DA SAGA

Copyright © 2016-2017  by Eugenio Campello Costa

Proibida a venda e reprodução parcial ou total sem autorização

 

 

VISITE A PÁGINA DO DESVENDANDO NO FACEBOOK: Desvendando no FB